Educação permanente: um desafio para o Serviço Social

Rosa Maria Castilhos Fernandes

Resumo


Neste artigo, apresenta-se a discussão da educação permanente como um desafio ao Serviço Social, diante das configurações da sociedade contemporânea marcada por projetos econômicos e políticos excludentes e que estão a requerer do profissional assistente social o aprimoramento de sua formação. Destaca-se o trabalho como um espaço privilegiado de formação dos trabalhadores. Suscita, de forma sintetizada, que, para dar conta das exigências postas e, fundamentalmente, da consolidação do projeto ético-político da profissão, é preciso construir espaços compartilhados de reflexão crítica sobre o processo de trabalho dos Assistentes Sociais.

Palavras-chave – Educação permanente. Processo de trabalho. Serviço Social.

Palavras-chave


Educação permanente. Processo de trabalho. Serviço Social.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS