Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público: espaço de enfrentamento à questão social através de políticas sociais?

Tiago Martinelli

Resumo


O artigo apresenta o contexto brasileiro a partir da década de 1990, período de implementação das políticas econômicas de recorte teórico neoliberal, dinamizando a discussão através de indicadores que demonstram a realidade social, desencadeando na discussão das relações entre Estado, Mercado e Sociedade Civil. Discute-se o reordenamento institucional das relações sociais através das “novas” organizações, surgidas no Estado democrático sob a égide da economia do mercado. Situa-se o debate nas Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) como possibilidade de enfrentamento à questão social através de políticas sociais.
Palavras-chave – Questão social. Políticas sociais. Terceiro Setor.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS