As políticas sociais como potencializadoras do desenvolvimento local-regional

Cristina Kologeski Fraga, Edemar Rotta, Lislei Teresinha Preuss, Maria Alice Canzi Ames

Resumo


Este artigo busca refletir sobre a capacidade potencializadora que as Políticas Sociais (PS) representam em relação aos arranjos produtivos locais. Integra um projeto de pesquisa em desenvolvimento na Fronteira Noroeste do Rio Grande do Sul – Brasil. Procura situar o debate sobre as PS no Brasil a partir da década de 1990, evidenciando o embate entre um projeto de garantia de direitos e ampliação da cidadania, que emerge das lutas pelo fim do Regime Militar, e um projeto de contenção de direitos e restrição da cidadania, que advém da reestruturação capitalista e da adoção de políticas de recorte neoliberal. Realiza uma reflexão atual sobre o desenvolvimento, com destaque para a trajetória da Fronteira Noroeste. Finalmente, lança algumas inferências sobre a possibilidade que as PS representam para além da compensação das desigualdades e da luta por direitos.
Palavras-chave – Políticas sociais. Desenvolvimento local-regional. Arranjos produtivos locais.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS