As ferramentas da gestão social utilizada pelas organizações que prestam serviços sociais à comunidade e pertencem à microrregião do extremo Oeste do Estado de Santa Catarina

Marineide Wieczynski, Elisiane Andreolla

Resumo


O presente artigo aborda resultados de uma pesquisa de iniciação científica que teve como objetivo identificar e relatar quais são as ferramentas da gestão social utilizada pelas organizações que prestam serviços sociais e pertencem à microrregião do extremo oeste do Estado de Santa Catarina. O tipo de pesquisa foi de natureza quali-quantitativa, com o uso de questionários semi-estrutrados, amostragem por acessibilidade e um universo de 30 ONGs, cujos sujeitos foram os gestores dessas organizações. Constatou-se que nenhuma das organizações pesquisada utiliza plenamente as ferramentas da gestão social. O não uso das ferramentas – planejamento, organização, direção e controle/avaliação – comprometem a eficiência, a eficácia e a efetividade dos programas e projetos que vem sendo desenvolvidos por elas. Sugere-se a elaboração de um projeto de extensão e/ou de filantropia, no qual o Curso de Serviço Social da UNOESC – São Miguel do Oeste possa prestar assessoria e consultoria no que tange à gestão social de ONGs.
Palavras chave – Organizações. Gestão social. Serviço social.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS