A funcionalidade do princípio interativo na produção de fala bilíngue

Elena Ortiz Preuss

Resumo


Neste artigo discutimos a existência de interatividade entre línguas na produção de fala bilíngue, a partir de resultados de um estudo, desenvolvido dentro do paradigma de interferência desenho-palavra, com bilíngues português-espanhol e espanhol-português. Como o princípio interativo está diretamente relacionado com a ativação sublexical e com o compartilhamento de traços fonológicos entre palavras, analisamos dados obtidos em testes de efeitos de identidade interlinguística (quando há correspondência semântica) e de facilitação fonológica/ortográfica (quando há correspondência fonológica), envolvendo palavras cognatas, não-cognatas e falso-cognatas. Os resultados fortaleceram a evidência de que a interatividade é funcional entre as línguas do bilíngue, porque as cognatas foram nomeadas mais rapidamente em todas as condições e pela rapidez de nomeação das falso-cognatas no contexto de facilitação fonológica. Observou-se também que, quando não há correspondência semântica entre as palavras, a similaridade fonológica e a ativação sublexical facilitam a nomeação.

Palavras-chave


Produção de fala; Bilinguismo; Ativação fonológica; Interatividade

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.