Utopia, distopia e realidade: um novo verismo na literatura para jovens

Thiago Alves Valente

Resumo


Gênero visado como veículo de “formação” do jovem, a literatura infanto-juvenil muitas vezes torna-se alvo da busca por elementos de uma sociedade utópica. Porém, justamente
por se tratar de Literatura, o gênero abre-se a outras possibilidades de vivência da realidade, seja esta compreendida pelo seu mundo mais subjetivo, seja ampliada a questões em escala mundial. Algumas obras inscritas no Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) sinalizam
caminhos da ficção para jovens nos anos 2000, dentre eles, o verismo e a utopia relidos por meio de novas propostas estéticas.

Palavras-chave


Utopia; Distopia; Verismo; Literatura; Juvenil

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.