Quem é o empreendedor brasileiro? Discursos em concorrência

Maria Cecília de Souza-e-Silva, Vivian Cristina Rio Stella

Resumo


O tema do empreendedorismo tem norteado políticas e ações nas esferas
governamentais, entidades de classe e na academia, constituindo e consolidando discursos sobre, com e para os empreendedores, que reverberam na mídia segmentada certo “tom” característico da imagem discursiva de tais enunciadores. Colocando em diálogo duas perspectivas, a discursiva e a ergológica, pergunta-se: qual é o ethos do jovem empreendedor construído pela
revista PME Exame? O que dizem seus enunciadores? O que silenciam? E, por outro lado, o que diz um jovem empreendedor, quando levado a falar sobre sua atividade de trabalho? Os enunciados constituídos pela PME estão pautados pela didaticidade e prescrição, enquanto os do empreendedor trazem reflexões que deixam entrever o “debate de normas” e “debate de valores” que perpassam seu cotidiano. Ambos constroem identidades enunciativas que estão em relação de concorrência em sentido amplo, isto é, sua delimitação recíproca não passa por um confronto aberto.

 

*******************************************************************************************************************


Who is the Brazilian entrepreneur? Competing discourses


Abstract: The theme of entrepreneurship has guided policies and actions in governmental spheres, professional associations and in Academia, constituting and consolidating discourses about, with and to entrepreneurs, which everberate, in the segmented media, a certain “tone” that is characteristic of the discursive image of such enunciators. Contrasting two perspectives, the discursive and the ergological, we ask: what is the ethos of the young entrepreneur constructed by the Brazilian magazine PME Exame? What do its enunciators say? What don’t they say? And, on the other hand, what does a young entrepreneur say when he is asked about his work activity? The enunciations constituted by PME are marked by didacticism and prescription, while those of the entrepreneur bring reflections that hint at the “debate of norms” and “debate of values” that pervade his daily routine. Both construct enunciative identities that are in a
competition relation in the broad sense, that is, their reciprocal delimitation does not undergo an open confrontation.
Keywords: Discursive perspective; Ergological approach; Entrepreneurship; Enunciative identities;Debate of norms/debate of values



Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, Alessandra Mello da; BARROS, Denise Franca;

CARVALHO, José Luiz Felicio. A Dimensão Histórica dos Discursos acerca do Empreendedor e do Empreendedorismo. Revista de Administração Contemporânea, Curitiba, v. 15, n. 2, p. 179-197, mar./abr. 2011.

COSTA, Alessandra Mello da; BARROS, Denise Franca;

MARTINS, Paulo Emílio Matos. A alavanca que move o mundo: o discurso da mídia de negócios sobre o capitalismo empreendedor. Cad. EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 10, n. 2, p. 371-375, jun. 2012.

DORNELAS, José Carlos Assis. Empreendedorismo: transformando

idéias em negócios. Rio de Janeiro: Elsevier/Campus, 2008.

DURRIVE, Louis. La démarche ergologique: pour un dialogue entre normes et renormalisations. Deuxième Congrès de la Société Internationale d’Ergologie. “Produire des normes et intervenir dans la vie des autres: savoirs et démocratie en travail”. Sierre, Suisse. 2014. Disponível em:

ergologia.org/uploads/1/1/4/6/11469955/expos_sierre_ldurrive.

pdf>. Acesso em: 03 ago. 2014.

GEM. Empreendedorismo no Brasil: 2013. Simara Maria de Souza Silveira Greco (Coord.). Curitiba: IBQP, 2013.

GEM. Report on women and entrepreneurship. Babson Park, MA/US; London, UK: Babson: Author, 2007.

HAMPTON, Alison; COOPER, Sarah; McGOWAN, Pauric. Female entrepreneurial networks and networking activity in technology-based ventures: an exploratory study. International Business Study Journal, v. 27, n. 2, p. 193-214, 2009.

MAINGUENEAU, Dominique. Frases sem texto. Tradução Sírio Possenti et al. São Paulo: Parábola. 2014. [Les phrases sans texte, Paris: Armand Colin, 2012].

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. Tradução M. Cecília de Souza e Silva e Décio Rocha. 6. ed. ampliada. São Paulo: Cortez. 2013. [Analyser les textes de communication. Paris: Dunod, 1998; 2007].

MAINGUENEAU, Dominique. A propósito do ethos. In: MOTTA, Ana Raquel; SALGADO, Luciana (Org.). Ethos discursivo. São Paulo: Contexto, 2008a. p. 11-29.

MAINGUENEAU, Dominique. Gênese dos discursos. Tradução Sírio Possenti. São Paulo: Parábola, 2008b. [Genèses du discours. Paris: Pierre Mardaga, 1984].

RIO STELLA, Vivian Cristina. As dramáticas do uso de si de um jovem empreendedor. Ergologia, n. 13, 2015 (prelo).

SCHWARTZ, Yves. Manifesto por um ergoengajamento. In: BENDASSOLLI, Pedro F.; SOBOLL, Lis. A. P. (Org.). Clínicas do trabalho: novas perspectivas para compreensão do trabalho na atualidade. São Paulo: Atlas, 2011. p. 132-166. [L’activités en dialogues: entretiens sur l’activité humaine II. Toulouse: Octarès, 2009].

SCHWARTZ, Yves. Trabalho e Ergologia; Reflexão em torno de um exemplo de trabalho operário. In: SCHWARTZ, Yves; DURRIVE, Louis (Org.). Trabalho e ergologia: conversas sobre atividade humana. 2. ed. revista e ampliada. Niterói: EDUFF, 2010. p. 25-36, 37-46. [Travail et ergologie: entretiens sur l’activité humaine. Toulouse: Octarès, 2003].

SOUZA-E-SILVA, C. P. Você sabe vender seu peixe? A

construção do ethos da revista Vida Executiva. Investigações

– Linguística e Teoria Literária, Pernambuco, v. 21, n. 2,

p. 261-270, 2008. Disponível em: .




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7726.2015.s.23142

e-ISSN: 1984-7726

ISSN-L: 0101-3335

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Copyright: © 2017 EDIPUCRS