Perfis da província e máscaras da modernidade: uma leitura da correspondência de Gilberto Freyre com Manuel Bandeira, José Lins do Rego e Rodrigo Melo Franco de Andrade

Silvana Moreli Vicente Dias

Resumo


O objetivo deste artigo é interpretar a epistolografia de Gilberto Freyre com base no conceito de persona ou máscara. Dialogando com escrita mais grave, que beira o paroxismo e a tragédia pessoal e coletiva, de José Lins do Rego, bem como com as formas literárias aparentemente descomprometidas presentes nas cartas trocadas com Manuel Bandeira e Rodrigo Melo Franco de Andrade, articulam-se distintas personae na correspondência do ensaísta. Serão colocadas em pauta facetas ambíguas do escritor Gilberto Freyre, ao lado da tentativa de se refletir sobre aspectos da modernidade alternativa ou provinciana que lhes são subjacentes. Portanto, será possível perceber como os paradoxos presentes no ensaio social de Freyre ligam-se também às imagens contraditórias inscritas no tecido epistolar.


Palavras-chave


Gilberto Freyre (1900-1987); Manuel Bandeira (1886-1968); José Lins do Rego (1901-1957); Rodrigo Melo Franco de Andrade (1898-1969); Modernismo brasileiro

Texto completo:

PDF

Referências


ALTUNA, Belén. El individuo e sus máscaras. Ideas y valores, Bogotá, n. 140, p. 33-51, ago. 2009.

ALTUNA, Belén. Una historia moral del rosto. Valencia, España: Pre-Textos, 2010.

BANDEIRA, M. Sou provinciano. In: Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1974.

BAKHTIN, Mikhail. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o conceito de François Rabelais. Trad. Yara Frateschi Vieira. São Paulo/Brasília; Hucitec/UnB, 1987.

BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski.

Trad. Paulo Bezerra. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1981.

BENJAMIN, W. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. In: Magia, técnica, arte e política. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BERARDINELLI, A. Da poesia à prosa. Org. Maria Betânia Amoroso; Trad. Maurício Santana Dias. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

BETANCUR, M. C. Persona y máscara. Praxis Filosófica,

Cali, Colombia, n. 30, p. 127-143, 1º sem. 2010.

CARPEAUX, Otto Maria. As revoltas modernistas na literatura. Rio de Janeiro: Ediouro, [s.d.].

DERRIDA, Jacques. The politics of friendship. London, New York: Verso, 2005.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Org. Michael Schröter; trad. Vera Ribeiro; revisão técnica e notas Renato Janine Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

GOMES, Ângela de Castro (Org.). Em família: a correspondência de Oliveira lima. Campinas: Mercado Aberto, 2005.

FREYRE, Gilberto. Cartas do próprio punho sobre pessoas e coisas do Brasil e do estrangeiro. Seleção, organização e introdução de Sylvio Rabello. Rio de Janeiro: Conselho Federal de Cultura, 1978.

FREYRE, Gilberto. Sobrados e mucambos: decadência do patriarcado rural e desenvolvimento do urbano. São Paulo: Global, 2003.

GOFFMAN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Trad. Maria Célia Santos Raposo. Petrópolis: Vozes, 1985.

GUIMARÃES, Julio Castañon. Contrapontos: notas sobre correspondência no modernismo. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2004.

MAUSS, Marcel. O sujeito: a pessoa. In: Marcel Mauss: Sociologia e antropologia. Trad. Paulo Neves. São Paulo: Cosac & Naify, 2003. p. 369-398.

PALLARES-BURKE, Maria Lúcia. Gilberto Freyre: um vitoriano dos trópicos. São Paulo: Ed. UNESP, 2005.

SCHWARCZ, Lilia. Complexo de Zé Carioca: sobre uma certa ordem da mestiçagem e da malandragem. Trabalho apresentado ao XVIII Encontro Anual da ANPOCS. Caxambu, Minas Gerais, 1994.

SCHWARTZMAN, Simon; BOMENY, Helena Maria Bousquet; COSTA, Vanda Maria Ribeiro. Tempos de Capanema. São Paulo: Paz e Terra; Fundação Getúlio Vargas, 2000.

SOUZA, Jessé. A modernização seletiva: uma reinterpretação do dilema brasileiro. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2000.

TEZZA, Cristovão. O espírito da prosa. Rio de Janeiro: Record, 2012.

VICENTE, Silvana Moreli. Cartas provincianas: corres-

pondência entre Gilberto Freyre e Manuel Bandeira. 2008. Tese (Doutorado em Letras) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7726.2014.2.15638

e-ISSN: 1984-7726

ISSN-L: 0101-3335

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS