A palavra como lócus de análise da variação fonético-fonológica

Carine Haupt

Resumo


Este artigo apresenta dados coletados no corpus do NILC com os objetivos de discutir a pertinência de analisar fenômenos de variação fonética tomando como lócus de análise a palavra (considerando como exemplo a variação entre ditongo e monotongo) e fornecer dados acerca dos padrões em que se encontram os ditongos na língua portuguesa. Tomamos como base teórica a Fonologia de Uso e a Teoria dos Exemplares. São abordagens multirrepresentacionais, pois nelas nega-se o preceito de que as representações fonológicas são categóricas e discretas. Além disso, as representações são gerenciadas pelo uso, e não inatas. Assim, os dados coletados evidenciam que considerar a palavra tem papel fundamental nos resultados dos estudos de variação fonético-fonológica.

Palavras-chave


Ditongo; Monotongo; Variação; Palavra; Fonologia de Uso.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Maria Porto de. Ditongos variáveis no sul do Brasil. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 40, n. 3, p. 101-106, set. 2005.

ARAÚJO, Maria Francisca Ribeiro de. A alternância de [eI9]~[e] no português falado na cidade de Caxias, Maranhão. 138f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Estudos de Linguagem, Unicamp, Campinas, 1999.

BISOL, Leda. O ditongo na perspectiva atual. D.E.L.T.A., São Paulo, v. 5, n. 2, p. 185-224, 1989.

BRESCANCINI, Cláudia. A redução de ditongos decrescentes seguidos por fricativa em coda no açoriano-catarinense. In: BISOL, Leda; COLLISCHONN, Gisela (Orgs). Português do sul do Brasil: variação fonológica. Porto Alegre: Edipucrs, 2009, p. 34-49.

BYBEE, Joan. The phonology of the lexicon: Evidence from lexical diffusion. In: BARLOW, M. e KEMMER, S. (Orgs) Usage-based models of language. Stanford, 2000, p. 65-85.

BYBEE, Joan. Phonology and language use. Cambridge University Press, 2001.

BYBEE, Joan. Word frequency and context of use in the lexical diffusion of phonetically conditioned sound change. Language Variation and Change, Cambridge University Press, n. 14, p. 261-290, 2002.

BYBEE, Joan. Mechanisms of change in grammaticization: the role of frequency. In: JOSEF, B. D.; JANDA, J. (Org.). The handbook of Historical Linguistic. Oxford: Blackwell, 2003. p. 603-623.

CABREIRA, Sílvio Henrique. A monotongação dos ditongos orais decrescentes em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre. Dissertação de Mestrado. PUC/RS, Porto Alegre, 1996.

CAGLIARI, Luiz Carlos. Análise fonológica: introdução à teoria e prática com especial destaque para o modelo fonêmico. Campinas- SP: Mercado das Letras, 2002.

CRISTOFARO-SILVA, Thaïs; GOMES, Cristina Abreu. Representações múltiplas e organização do componente linguístico. Fórum Linguístico, Florianópolis, v. 4, n. 1 p. 147-177, jul. 2004.

FURLAN, Oswaldo Antônio. Influência açoriana no português do Brasil em SC. Editora da UFSC: Florianópolis, 1989.

HAUPT, Carine. O fenômeno da monotongação dos ditongos [aI9, eI9, oI9, uI9,]. 198f. Tese (Doutorado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Linguística, UFSC, Florianópolis, 2011.

JOHNSON, Keith. The auditory/perceptual basis for speech segmentation. OSU Working Papers in Linguistic. n. 50, p. 101-113, 1997.

LOPES, Raquel. A realização variável dos ditongos /ow/ e /ej/ no português falado em Altamira/PA. 97 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Curso de Pós-Graduação em Letras, Centro de Letras e Artes, UFP, Belém, 2002.

PAIVA, Maria da Conceição Auxiliadora de. Supressão das semivogais nos ditongos crescentes. In: SILVA, Gisele M. de Oliveira; SCHERRE, Maria M. Pereira (Org.). Padrões sociolinguísticos: análise de fenômenos variáveis na cidade do Rio de Janeiro. Departamento de Linguística e Filologia da UFRJ. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1996. p. 219-333.

PIERRENHUMBERT, Janet. Exemplar Dynamics: Word frequency, lenition and contrast. In: BYBEE, J.; HOPPER, P. (Org.). Frequency and the emergence of linguistic structure. Amsterdam: Benjamins, 2000. p. 123-136.

SILVA, Fabiana de Souza. O processo de monotongação em João Pessoa. In: HORA, Demerval da (Org.). Estudos Sociolinguísticos: perfil de uma comunidade. Santa Maria: Palloti, 2004. p. 29-43.

TASCA, Maria. A inserção de glide em sílabas travadas por

/S/. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 40, n. 3, p. 137-162, set. 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7726.2014.1.14542

e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.