Posicionamentos identitários e imagens de si na formação do profissional de Letras

Renata Oliveira Marques Gomide

Resumo


Este trabalho investiga os posicionamentos discursivo-enunciativos de alunos em processo de formação acadêmico-profissional em Letras, a fim de compreender os movimentos de emergência identitária desses sujeitos na tessitura de seus textos. Tendo em vista não somente a organização da composicionalidade textual como também as condições de produção dos discursos, são analisados diferentes mecanismos enunciativos e discursivos (particularmente as estratégias de referência pessoal, as modalizações e o jogo de vozes) em atividades acadêmicas desenvolvidas por alunos em formação inicial (2º período), recém-ingressados na universidade, e por alunos no último ano do curso (7º período), às vésperas de se formarem. Em vista disso, a análise do corpus contempla as diversas formas pelas quais o sujeito investe-se para dizer o que diz e como diz, com o objetivo de apreender as imagens que ele constrói sobre a própria formação, bem como os papéis sociais que assume e suas ações na esfera acadêmica. ******************************************************** Positional identity and images of themselves in the professional training of Letters This work investigates the discursive and enunciative positioning of students in process of formation in Modern Languages, in order to understand the emergence of identity movements of these subjects in their texts. Considering not only the organization of textual compositionality but also the conditions of discourse production, this work analyzes differents discursive and enunciative mechanisms (particularly the strategies of personal reference, modalizations and management of voices) in academic activities written for students in initial training (2nd period), recently admitted at the university, and students in the last year of the course (7th period). As a result, analysis attempts to address the various ways in which the subject invests up to what it says and as he says, aiming to capture the images he builds on his own training as well as the social roles that takes and their actions in the academic sphere. Keywords: Positional identity; Management of voices; Personal reference; Modalizations

Palavras-chave


Posicionamentos identitários; Jogo de vozes; Referência pessoal; modalizações;

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, Louis. Aparelhos ideológicos de Estado: notas sobre os aparelhos ideológicos de Estado. Rio de Janeiro: Graal, 1983.

AMOSSY, Ruth. O ethos na intersecção das disciplinas: retórica, pragmática, sociologia dos campos. In: AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005. p. 119-144.

AMOSSY, Ruth. Ethos. In: CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de Análise do Discurso. Tradução de Fabiana Komesu et al. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2006. p. 220-234.

BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. In: Estética da criação verbal. Tradução de Paulo Bezerra. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003. p. 261-335.

BAKHTIN, Mikhail; VOLOCHINOV, Valentin Nikolaevich. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na ciência da linguagem. Tradução Michel Lahud e Yara

Frateschi Vieira. 11. ed. São Paulo: Hucitec, 2004.

BENVENISTE, Émile. Problemas de linguística geral I. Tradução Maria da Glória Novak e Maria Luisa Neri. 4. ed. Campinas: Pontes, 1995.

BEZERRA, Paulo. Polifonia. In: BRAIT, Beth (Org.). Bakhtin: conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2007. p. 191-200.

BRANDÃO, Helena. Introdução à análise do discurso. 2. ed. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2004.

BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, textos e dis-

cursos: por um interacionismo sociodiscursivo. Tradução Anna Rachel Machado, Péricles Cunha. São Paulo: EDUC, 2003.

BRONCKART, Jean-Paul. O agir nos discursos: das con-

cepções teóricas às concepções dos trabalhadores. Tradução Anna Rachel Machado e Maria de Lourdes Meirelles Matencio. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2008.

DUCROT, Oswald. O dizer e o dito. Campinas, SP: Pontes, 1987.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Tradução Luiz Felipe Baeta Neves. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

GNERRE, Maurizzio. Linguagem, escrita e poder. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

HADDAD, Galit. Ethos prévio e ethos discursivo: o exemplo de Romain Rolland. In: AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005. p. 119-144.

HALL, Stuart. Quem precisa da identidade? In: WOODWARD, Kathryn; SILVA, Tomaz Tadeu da; HALL, Stuart (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. p. 103-131.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

HOLLAND, Dorothy et al. Identity and agency in cultural worlds. Cambridge: Harvard University Press, 1998.

HORTON, Paul B.; HORTON, Robert H. Introdução à sociologia. São Paulo: Brasiliense, 1975.

KLEIMAN, Angela B. (Org.). Os significados do letramento: uma nova perspectiva sobre a prática social da escrita. Campinas: Mercado de Letras, 1995.

KLEIMAN, Angela B. A construção de identidades em sala de aula: um enfoque interacional. In: SIGNORINI, Inês (Org.). Língua(gem) e identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas, SP: Mercado de Letras; São Paulo: Fapesp, 1998. p. 267-302.

KLEIMAN, Angela B.; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles (Org.). Letramento e formação do professor: práticas discursivas, representações e construção do saber. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2005.

KOCH, Ingedore G. Villaça. Introdução à linguística textual: trajetórias e grandes temas. São Paulo: Martins Fontes, 2004a.

KOCH, Ingedore G. Villaça. Argumentação e linguagem. São Paulo: Cortez, 2004b.

KOCH, Ingedore G. Villaça. Referenciação e orientação argumentativa. In: KOCH, Ingedore G. Villaça; MORATO, Edwiges Maria; BENTES, Anna Christina (Org.). Referenciação e discurso. São Paulo: Contexto, 2005. p. 33-52.

MAINGUENEAU, Dominique. Ethos, cenografia, incorpo-

ração. In: AMOSSY, Ruth (Org.). Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005. p. 69-92.

MAINGUENEAU, Dominique. Posicionamento. In: CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de Análise do Discurso. Tradução Fabiana Komesu et al. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2006. p. 160-163.

MAINGUENEAU, Dominique. Problemas de ethos. In: Cenas da enunciação. Organização de Sírio Possenti e Maria Cecília Pérez de Souza e Silva. São Paulo: Parábola, 2008. p. 55-73.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Da fala para a escrita: atividades de retextualização. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

MATENCIO, M. L. M. Estudo da língua falada e aula de língua materna: uma abordagem processual da interação professor/alunos. Campinas: Mercado de Letras, 2001.

MORIN, Edgar. A noção de sujeito. In: SCHNITMAN, D. (Org.). Novos paradigmas, cultura e subjetividade. Porto Alegre:

ARTMED, 1996.

MORIN, Edgar. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Tradução Eloá Jacobina. 5. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

MORIN, Edgar. O método 5: a humanidade da humanidade. Tradução Juremir Machado da Silva. 3. ed. Porto Alegre: Sulina, 2005.

ORLANDI, Eni. Análise de discurso: princípios e procedimen-

tos. Campinas, SP: Pontes, 2007.

PÊCHEUX, Michel. A forma-sujeito do discurso. In: Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução Eni Pulcinelli Orlandi et al. Campinas: Editora da UNICAMP, 1988. p. 159-185.

PUC MINAS. Projeto Pedagógico do Curso de Letras (Betim, Coração Eucarístico e São Gabriel). Belo Horizonte, Novembro de 2005.

ROBIN, Règine. Formação social, prática discursiva e ideo-

logia. In: História e Linguística. São Paulo: Cultrix, 1977.

p. 88-134.

SIGNORINI, Inês. Língua(gem) e identidade: elementos para uma discussão no campo aplicado. Campinas, SP: Mercado de Letras; São Paulo: Fapesp, 1998.

SILVA, Jane Quintiliano G.; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles. Referência pessoal e jogo interlocutivo: efeitos identitários. In:

KLEIMAN, Angela B.; MATENCIO, Maria de Lourdes Meirelles (Org.). Letramento e formação do professor: práticas discursivas, representações e construção do saber. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2005. p. 245-266.

SOARES. Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: WOODWARD, Kathryn; SILVA, Tomaz Tadeu da; HALL, Stuart (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000. p. 7-72.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7726.2014.3.13831

e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.