A influência da não marcação típica da aquisição da linguagem em formas ortográficas não convencionais

Cláudia Silva

Resumo


 

Este artigo baseia-se na possível relação entre formas ortográficas não convencionais presentes em sessões de chat do português e do inglês e a preferência intuitiva dos falantes em relação a estruturas silábicas e segmentos menos marcados. Após um estudo de corpora com base na análise de conversações escritas online em português e inglês, conclui-se que os desvios em relação à norma ortográfica, através da supressão, adição ou substituição de grafemas, podem estar relacionados com a preferência intuitiva pela simplificação ou redução dos elementos marcados em nível fonológico.


Palavras-chave


Sessões de chat; Marcação; Ortografia; Simplificação; Estruturas silábicas; Fonemas

Texto completo:

PDF (English) PDF


e-ISSN: 1984-7726 | ISSN-L: 0101-3335


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.