Percepção de familiares referente ao banho humanizado: técnica japonesa em recém-nascidos

Jadna Hemkemeier, Valéria Cardoso Fermino, Ivete Maria Ribeiro

Resumo


Objetivo: Conhecer a percepção de familiares acerca da experiência da utilização do banho humanizado, uma técnica Japonesa em recém-nascidos (RN). Materiais e Métodos: Trata-se de uma pesquisa do tipo exploratória, de abordagem qualitativa, conduzida pela seguinte questão norteadora: qual a percepção de familiares acerca da experiência de utilização do banho humanizado – Técnica Japonesa em recém-nascidos? Os dados dessa pesquisa foram coletados no período de maio a junho de 2011. A metodologia envolveu uma entrevista, com apenas uma pergunta, aplicada às participantes no dia em que estas realizaram o procedimento no hospital, juntamente com um roteiro de observação participante, além de outra entrevista, contendo três perguntas realizadas na visita domiciliar, dez dias após a alta hospitalar. Resultados: Os resultados revelam que os familiares estão satisfeitos com a nova técnica de banho. Os RNs permaneceram calmos e quietos, demonstrando os benefícios do banho humanizado. Conclusão: É imprescindível que os familiares e os profissionais da saúde aceitem novas formas de procedimentos mais humanizados para RNs. Esta nova técnica de banho possibilita que os RNs mantenham-se mais calmos, não havendo choro durante a sua execução. Entretanto, observou-se que, para a eficácia da nova técnica de banho, o RN deve ser bem enrolado no cueiro, a fim de que se sinta mais protegido.

Palavras-chave


humanização da assistência; recém-nascido; enfermagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2012.1.9135

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS