Comparação entre métodos de Avaliação Subjetiva Global

Gabriela Baisch Peres, Graziela Silva Valim, Vanuska Lima da Silva, Raquel Milani El-Kik

Resumo


Objetivo: Comparar os resultados obtidos através da utilização da avaliação subjetiva global (ASG) e da avaliação subjetiva global produzida pelo paciente (ASG-PPP), a fim de qualificar a assistência nutricional prestada ao paciente oncológico. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo observacional, transversal, com abordagem descritiva e analítica. A coleta de dados foi feita através da aplicação da ASG e da ASG-PPP em pacientes a partir de 20 anos de idade, de ambos os sexos, internados na Unidade de Internação de um hospital universitário, com diagnóstico de câncer. Esse estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da PUCRS. Resultados: Participaram do estudo 68 pacientes. A avaliação descritiva mostrou que houve concordância entre os métodos ASG e ASG-PPP na classificação “Bem nutrido” de 4 pacientes. Dos 57 apontados como “Moderadamente desnutrido ou com suspeita de desnutrição” pela ASG, 96,5% deles apresentaram o mesmo resultado pela ASG-PPP e, em relação aos 7 resultados apontados como “Gravemente desnutrido” na ASG, 71,4% deles apresentaram o mesmo resultado pela ASG-PPP. Os resultados demonstraram uma diferença no diagnóstico nutricional de 4 pacientes, porém, não estatisticamente significativa (p=0,135). O coeficiente Kappa mostra uma concordância forte entre os métodos (Kappa=0,793; p=0,001). Conclusão: Embora a ASG seja uma ferramenta de avaliação nutricional já utilizada em muitos hospitais, o uso da ASG-PPP também pode ser uma alternativa, de acordo com a disponibilidade e adequação de cada local.

Palavras-chave


avaliação nutricional; câncer; estado nutricional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2009.1.5716

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS