Epidemiologia de acidentes araneídeos de interesse em Saúde Pública em Curitibanos, Santa Catarina (2006-2008)

Sheila Cristina Wolfart, Daiane Cristina Chenet, Rosiléia Marinho de Quadros, Patrícia Ferruzzi, Sandra Márcia Tietz Marques

Resumo


Objetivo: Este trabalho contribui para a caracterização do perfil epidemiológico de acidentes com araneídeos de interesse em saúde pública, na população de Curitibanos, Santa Catarina. Materiais e Métodos: O estudo é descritivo e exploratório. Foi utilizada documentação sobre acidentes com aranhas ocorridos entre janeiro de 2006 a julho de 2008, registrados nas fichas do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) da Vigilância Epidemiológica. Os dados são tabulados em frequência absoluta e relativa. Resultados: O total de acidentes araneídeos foi de 231, com 82 (35,5%) em 2006, 102 (44,2%) em 2007 e 47 (20,3%) em 2008, dos quais 138 (59,8%) ocorreram com mulheres. Houve o aumento dos acidentes com crianças, 9,7% em 2006, 14,7% em 2007 e 25,5% em 2008. Conclusão: Os acidentes com aranhas de interesse em saúde pública aumentaram nos últimos anos, confirmando a importância de iniciativas por parte dos órgãos públicos em promover programas de prevenção.

Palavras-chave


aranhas; acidentes; epidemiologia; saúde pública.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2009.1.5547

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS