Perfil nutricional e alimentar de portadores de HIV-1/AIDS internados em um hospital universitário

Luanny Kaísa de Oliveira Kauffmann, Rozinéia de Nazaré Alberto Miranda, Aldair da Silva Guterres, Amanda Fernandes Pinto

Resumo


Objetivo: Avaliar o perfil nutricional e alimentar de portadores de HIV-1, internados em um hospital universitário.
Materiais e Métodos: Tratou-se de um estudo transversal, descritivo, no qual a população de estudo foi composta por 54 pacientes internados, de ambos os sexos, adultos, com faixa etária de 20 a 59 anos, acompanhados durante o período de Abril a Outubro de 2014, na Clínica de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP), do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB/UFPA). Foi utilizado formulário próprio para o levantamento das características demográficas, socioeconômicas, antropométricas e dietéticas (QFA). Para verificar a as diferenças de médias foi realizada a análise de variância (ANOVA) e o grau de associação entre as variáveis foi medido pela correlação de Pearson, estabeleceu-se como significância valor de p<0,05.
Resultados: Prevalência do sexo masculino, os pacientes pertencem a um nível econômico baixo, apresentando também uma baixa escolaridade. O perfil nutricional encontrado nos pacientes, de acordo com os métodos de avaliação antropométrica (índice de massa corporal, prega cutânea tricipital, circunferência do braço e circunferência muscular do braço), apresentou predominância de desnutrição (55,5; 92,6; 79,6 e 55,5%; respectivamente), evidenciando déficit de massa magra e gordura corporal. Encontrou-se ainda significativa correlação linear do índice de massa corpórea com as outras medidas antropométricas compartimentadas. Quanto à ingestão dietética, verificou-se expressivo consumo de alimentos energéticos, significativo consumo de alimentos construtores e baixa ingestão de alimentos reguladores quando comparados ao recomendado.
Conclusão: Observou-se que a maioria dos pacientes apresentou estado nutricional de desnutrição e o perfil alimentar, de modo geral, se caracterizou por prevalência de hábitos alimentares saudáveis.

Palavras-chave


HIV; antropometria; desnutrição; estado nutricional; consumo de alimentos.

Texto completo:

PDF

Referências


Santos FF, Pereira FB, Silva CLO, Lazzarotto AR, Petersen RDS. Características imunológicas e virológicas e as variáveis flexibilidade (FLEX) e força de resistência abdominal (FRA) de crianças e adolescentes portadores de HIV/AIDS em uso de TARV. Rev Bras Med Esporte. 2014;19(1):40-43. https://doi.org/10.1590/S1517- 86922013000100008

Perrut JF, Santos EP, Oliveira BR, Carneiro ACLL, Oliveira GL, Ervilha Junior, AB, Pacheco RC. Risco nutricional e sua associação com o tempo e desfecho da internação de pacientes com AIDS em um hospital de referência em infectologia de Belo Horizonte. Espaç Saúde. 2014;5(1):57-65.

Martins TA, Kerr LRFS, Kendall C, Mota RMS. Cenário Epidemiológico da Infecção pelo HIV e AIDS no Mundo. Rev Fisioter S Fun. 2014;3(1):4-7.

Silva, AMTM. VIH e nutrição: o combate a doença através da intervenção nutricional [trabalho acadêmico]. Porto: Universidade Fernando Pessoa; 2013.

Sena EA, Freitas CHSM, Pontes ALS. O Papel do Nutricionista na Atenção aos Portadores do HIV/AIDS no Sistema Penitenciário Brasileiro: uma Revisão da Literatura. Rev Bras Ciên Saúde. 2014;18(2):169-78. https://doi.org/10.4034/RBCS.2014.18.s2.12

Bassichetto KC, Bergamaschi DP, Garcia VRS, Veras MASM. Fatores associados à desnutrição em pessoas com 20 anos e mais, com HIV/ AIDS, em serviços públicos de saúde no Município de São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública. 2014;30(12):1-9.

Wold Health Organization. Physical status: the use and interpretation of nthropometry. Geneva: WHO; 1995.

Frisancho AR. New norms of upper limb fat and muscle áreas for assessent of nutritional status. J Clin Nutri. 1981;34(1):2540-5.

Blackburn LL, Bistrian BR. Nutritional and melabolic assessment of the hospitalized patient. JPEN. 1977;1(1):11-22. https://doi. org/10.1177/014860717700100101

Augusto ALP, Alves DC, Mannarino IC. Terapia nutricional. São Paulo: Atheneu; 1995.

Kamimura MA, Baxman A, Sampaio LR, Cuppari L. Avaliação nutricional. In: Cuppari L. Nutrição clínica do adulto. 2ª ed. Barueri: Manole; 2005. p. 89-127.

Blackburn GL, Thornton PA. Nutritional assessment of the hospitalized patient. Med Clin North Am. 1979;63(5):11103-15. https://doi.org/10.1016/S0025-7125(16)31663-7

Guia Alimentar para a população brasileira: promovendo a alimentação saudável. Edição especial. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Ayres M, Ayres Junior M, Ayres DL, Santos AS. BioEstat 5.0: aplicações estatísticas nas áreas das ciências biológicas e médicas. Belém: MCT; 2007.

Grangeiro A, Holcman MM, Onaga ET, de Alencar HDR, Placco ALN, Teixeira PR. Prevalência e vulnerabilidade a infecção pelo HIV de moradores de rua em São Paulo, SP. Rev Saúde Pública. 2012;46(4):674-84. https://doi.org/10.1590/S0034-89102012005000037

Pieri FM, Laurenti R. HIV/AIDS: perfil epidemiológico de adultos internados em Hospital Universitário. Cienc Cuid Saúde. 2012; 11:144-52. https://doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v11i5.17069

Padoin SMM, Zuge SS, Santos EEP, Primeira MR, Aldrighi JD, Paula CC. Adesão a terapia antirretroviral para HIV/AIDS. Cogitare Enferm. 2013;18(3):446-51. https://doi.org/10.5380/ce.v18i3.33553

Motta WKS, Nóbrega DRM, Santos MGC, Gomes DQC, Godoy GP, Pereira JV. Aspectos demográficos e manifestações clínicas bucais de pacientes soropositivos para o HUV/Aids. Rev Odontol UNESP. 2014;43(1):61-7. https://doi.org/10.1590/S1807-25772014000100010

Ribeiro CSA. Prevalência de alterações nutricionais e fatores de risco para desnutrição em pacientes hospitalizados por HIV/AIDS [dissertação]. Salvador: Universidade Federal da Bahia; 2010.

Silva VS, Mori RMSC, Guimarães SM. Alterações Nutricionais em Pacientes com Lipodistrofia Associada ao HIV/Aids de uma Unidade de Referência do Município de Belém – Pará. DST – J Bras Doenças Sex Transm. 2012;24(4):233-8. https://doi.org/10.5533/DST-2177-8264-201224403

Moutinho ABA, Pretto ADB, Moreira NA. Evolução do estudado nutricional de pacientes com AIDS atendidos em um ambulatório de nutrição. RBONE. 2015;9(51):85-95.

Ladeira POC, Silva DCG. Estado nutricional e perfil alimentar de pacientes assistidos pelo Programa de DST/AIDS e Hepatite Virais de um Centro de Saúde de Itaperuna-RJ. DST – J Bras Doenças Sex Transm. 2012;24(1):28-31. https://doi.org/10.5533/2177-8264-201224108

Feitosa SMC, Cabral CP. Anemia em pacientes HIV-positivo atendidos em um Hopistal universitário de Pernambuco-Nordeste do Brasil. DST – J Bras Doenças Sex Transm. 2011;23(2):69-75. https://doi.org/10.5533/2177-8264-201123204

Guterres AS. Implantação de um protocolo ambulatorial de acompanhamento, orientação e terapia nutricional a portadores do HIV-1 [tese]. Belém: Universidade Federal do Pará; 2014.

Gomes TB, Lourival NBS. Perfil nutricional de pacientes HIV positivo do município de Apucarana (PR). SaudPesq. 2016;9(1):83-92. https://doi.org/10.17765/1983-1870.2016v9n1p83-92

Santos KM. Intervenções neurológicas em pacientes adultos infectados pelo Vírus da Imunodeficiência Humana. Int J Nutrol. 2016;9(1):119-27.

Da Silva IRP, Dias RM, Dutra CDT, Mendes ANL, Libonati RMF. Dislipidemia e estado nutricional em pacientes HIV positivo com síndrome lipodistrófica. Rev Epidemiol Control Infect. 2014;4(3):200-7. https://doi.org/10.17058/reci.v4i3.4878

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares: 2008-2009. Rio de Janeiro: IBGE; 2011 [citado em 2015 ago. 23]. Disponível em: http://biblioteca.ibge. gov.br/visualizacao/livros/liv50063.pdf

Coura CF, Guerra VR, Nery LCL. Lipodistrofia em crianças infectadas com HIV sob terapia anti-retroviral: o desafio do século XXI. Pediatria. 2011;33(11):45-51.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2017.2.24036

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS