Incontinência urinária no puerpério de parto vaginal e cesárea: revisão de literatura

Alice Rios Borba, Daniela Kich Brondani, Mara Regina Knorst

Resumo


Objetivo: O estudo objetivou revisar a literatura quanto à presença de incontinência urinária (IU) no puerpério de parto normal e cesárea.

Materiais e Métodos: Foi realizada uma pesquisa nos bancos de dados PubMed/MedLine, COCHRANE e EMBASE. Foram selecionados os seguintes tipos de estudo: prospectivo multicêntrico, caso-controle, prospectivo, coorte, multicêntrico prospectivo observacional, randomizado controlado, prospectivo observacional, coorte controlado, transversal, base populacional, publicados no período de 2002 a 2012, nos idiomas inglês e português, em que as palavras-chave estivessem no título ou resumo. As palavras-chave utilizadas foram: “parto vaginal”, “cesárea” e “incontinência urinária”.

Resultados: Os 14 estudos analisados, avaliaram a presença de IU no puerpério de parto vaginal e cesárea. Observamos que a cesárea para ter seu papel protetor no aparecimento da IU no puerpério deve ser realizada de maneira eletiva. Os distúrbios do assoalho pélvico estão fortemente ligados com idade materna, fumo, obesidade, parto de fórceps, multiparidade, episiotomia, duração da segunda fase do trabalho de parto, gravidez e constipação crônica.

Conclusão: Conclui-se que a segunda fase prolongada do trabalho de parto tem papel significativo na presença da IU no puerpério em ambos modos de parto, e que a cesárea teria o seu valor protetor no desenvolvimento da IU no puerpério apenas se fosse realizada de maneira eletiva. Dos 14 artigos, apenas um estudo foi realizado na população brasileira, mostrando a importância de serem realizados mais estudos sobre IU no puerpério no Brasil.


Palavras-chave


Incontinência urinária; parto normal; cesárea

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2014.1.14838

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS