Caracterização dos acidentes de trabalho durante a atenção à saúde na região nordeste

Milene Pereira de Souza Santos, Ítalo Ricardo Santos Aleluia

Resumo


Objetivo: Caracterizar a evolução quantitativa dos acidentes de trabalho em atividades de atenção à saúde humana na região Nordeste.

Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo ecológico de base territorial geográfica, através de dados secundários extraídos da base de dados do Ministério da Previdência e Assistência Social, no período de 2007 a 2010.

Resultados: Verificou-se que no período estudado, a Bahia apresentou o maior número de acidentes de trabalho registrados. Acidentes típicos com Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT) se configuram como os principais no ranking dos motivos/situação em que, dentre as consequências, houve maior predomínio das incapacidades permanentes.

Conclusão: Destaca-se a necessidade de melhorias na implementação de ações preventivas com educação permanente e criação de novos protocolos por parte das instituições e organizações de saúde, bem como na adoção de medidas de biossegurança.


Palavras-chave


atenção à saúde; acidentes de trabalho; Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2013.3.13574

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS