Preensão palmar e cognição em idosas institucionalizadas e residentes na comunidade

Cristiane Scodeler Crispim, Thais de Lima Resende

Resumo


Objetivo: Avaliar a força de preensão palmar (FPP) e a cognição em idosas institucionalizadas e residentes na comunidade, verificar se existe uma associação entre cognição e FPP nessa população e comparar os dois grupos. Materiais e Métodos: Em uma amostra por conveniência, participaram 22 idosas residentes em uma instituição (GI) de Porto Alegre/RS e 27 residentes na comunidade (GC), membros de um grupo de idosos em Gravataí/RS. Foram avaliadas a cognição (Mini-exame do Estado Mental - MEEM) e a FPP (dinamômetro Jamar®). Também foram coletados dados sociodemográficos, de saúde, entre eles o índice de massa corporal (IMC), sobre dominância, apresentação física e prática de atividade física. Resultados: A média de idade das idosas do GI foi 78,6+/-7,5 anos e do GC foi 74,7+/-6,9 anos. As voluntárias eram destras (100%), da raça branca (83,7%), com 1 a 8 anos de estudo (91,8%), deambulavam sem auxílio (82%), não praticavam atividade física (67,3%), com IMC igualmente dividido entre normal (40,8%) e acima do peso (40,8%). GI e GC não diferiram em termos de FPM, mas as idosas da comunidade apresentaram escores do MEEM significativamente mais altos. Idade apresentou uma correlação negativa, moderada e significativa (r=-0,52; p=0,01) com o escore do MEEM e negativa de grau fraco com a FPM (r=-0,28; p=0,05). Não foi detectada relação entre a FPP e o IMC. Conclusão: Idosas institucionalizadas apresentaram nível cognitivo inferior às da comunidade, porém não diferiram delas em termos de força. FPP e cognição diminuem com o aumento da idade.

Palavras-chave


idoso; saúde do idoso; saúde do idoso institucionalizado; força muscular; cognição

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2013.1.11550

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS