Consumo de refrigerantes entre escolares de séries iniciais da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul

Thaynã Ramos Flores, Carla Ribeiro Ciochetto, Bruno Pereira Nunes, Maria de Fátima Alves Vieira

Resumo


Objetivo: Descrever o consumo diário de refrigerantes entre escolares do 1° ao 4° ano da rede municipal de ensino fundamental da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul. Materiais e Métodos: Foi realizado um estudo transversal, de abordagem quantitativa, com 356 escolares do 1° ao 4° ano matriculados em escolas da zona urbana do município, no ano de 2011. O desfecho deste estudo foi o consumo diário de refrigerantes, avaliado através do Formulário de Marcadores de Consumo Alimentar proposto pelo Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional. A frequência de consumo foi descrita segundo gênero, idade, escolaridade materna, nível socioeconômico e estado nutricional do escolar. Foram consideradas as prevalências e os seus respectivos intervalos de confiança de 95%, adotando-se o nível de significância estatística de 5%. Resultados: Dos 411 escolares considerados elegíveis para o estudo, foram avaliados 356, sendo de 13,4% as perdas e recusas. A prevalência de consumo diário de refrigerantes foi de 21,6%. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas de consumo diário de refrigerantes entre os sexos, faixa etária, classes de bens de consumo e estado nutricional. Conclusão: Os escolares da rede municipal de ensino fundamental de Pelotas apresentaram elevada prevalência de consumo diário de refrigerantes. Diante esse quadro, ressalta-se a importância da educação nutricional no ambiente escolar.

Palavras-chave


consumo alimentar; hábitos alimentares; criança; refrigerantes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-652X.2013.1.11516

 

e-ISSN: 1983-652X 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

***


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons BY-NC 4.0 Internacional

 ***

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.   

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS