Ações afirmativas na Educação Superior: o que acadêmicos brasileiros podem aprender da experiência americana

Patrícia Somers, Catherine Jones

Resumo


Este artigo discute a história das ações afirmativas na educação dos Estados Unidos, da filosofia das ações afirmativas e do mérito do discurso para a educação, bem como reflete sobre a experiência americana. Refere-se, também, ao acesso à Educação Superior de jovens provenientes de classes minoritárias, brasileira e americana, examinado a importância da conexão da educação e da qualidade de vida. Chama atenção, ainda, para as relações que podem ser feitas pela educação brasileira, considerando a experiência americana.

Palavras-chave


Ações afirmativas; educação superior.

Texto completo:

PDF


ISSN-L: 0101-465X | e-ISSN: 1981-2582


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.