Vygotski’s theories on Defectology: contributions to the special education of the 21st century

Sônia Mari Shima Barroco

Resumo


This text exposes the pertinence of L. S. Vygotski’s (1896-1934) theoretical-methodological assertions to the Soviet Defectology at its original birth, when our today’s Basic Education universalization did not exist yet, to Special Education of the 21st century, when the right to Education in democratic states is regarded as a means of social and educational inclusion. The author turns out to be revolutionary for subsidizing an integrated vision of the constitution of the human psychic activity, defending the plain possibility of humanization, the formation of cultural building of human species in both ableb and disabled people.

 

*** Teorizações de Vygotski sobre a Defectologia: contribuições à educação especial do século XXI ***

O texto expõe a pertinência das asserções teórico-metodológicas de L. S. Vygotski (1896-1934) à Defectologia Soviética em seu contexto original, quando a Educação Básica não era universalizada, e as coloca em perspectiva para o século XXI, quando a Educação é assumida como direito para todos, nos Estados democráticos e sob a perspectiva da inclusão social e educacional. O autor revela-se revolucionário por subsidiar uma visão integrada da constituição do psiquismo humano, por defender a possibilidade de humanização, a formação do edifício cultural nas pessoas com e sem deficiências.

Palavras-chave: Vygotski; Educação Especial; Defectologia.


Palavras-chave


Vygotski; Special Education; Defectology.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


AS BORBOLETAS DE ZAGORSK. Série Os transformadores. Grã-Bretanha: BBC, 1992 – São Paulo: Televisão Cultura, Fundação Padre Anchieta, 1992. (Documentário: Vídeo).

BARROCO, Sonia Mari Shima. A educação especial do novo homem soviético e a psicologia de L. S. Vigotski: implicações e contribuições para a psicologia e a educação atuais. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar, Universidade Estadual Paulista, Araraquara, SP, 2007.

BASILOVA, Tatyana. Introduction. In: SOKOLIANSKY, I. A. [1962]. Teaching blind and deaf and dumb children. Disponível em:

http://www.deafblindinternational.org papers/sokoliansky.html. Acesso em: 3 ago. 2005.

BOLDIREV, N. Nueva orientación de la escuela soviética.In: SUJOMLINSKI, V. La escuela soviética y el amor al trabajo: experiencia de labor educativo en una escuela rural. Tradução Sanches Esteban. Moscú: Academia de Ciencias Pedagógicas de la RSFSR, Ediciones en Lenguas Extranjeras, [19--]. p. 3-28.

BOLETIM DO SERVIÇO DE MEDIDAS E PESQUISAS EDUCACIONAIS. O sistema escolar soviético. São Paulo: Universidade de São Paulo, 1958.

BRASIL. Analfabetismo no país cai de 11,5% para 8,7% nos últimos oito anos. Brasília: Ministério da Educação – Assessoria de Comunicação Social, s.d. Disponível em:

http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/34167. Acesso em: 20 maio 2018.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm. Acesso em: 10 jul. 2018.

BRASIL. Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, dez. 1961. Disponível em:

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/LEIS/L4024.htm. Acesso em: 29 out. 2018.

BRASIL. Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1º e 2º graus, e dá outras providências. Brasília, DF, ago 1971. Disponível em:

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L5692.htm. Acesso em: 29 out. 2018.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. DF, dez. 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 29 out. 2018.

BRASIL. Lei nº 10.172, de 9 de Janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Disponível em:

www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/LEIS_2001/L10172.htm. Acesso em: 10 jul. 2018.

BRASIL. Lei nº 12.796, de 4 de abril de 2013. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para dispor sobre a formação dos profissionais da educação e dar outras providências. Disponível em:

https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12796.htm#art1. Acesso em: 10 jul. 2018.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, DF, jul. 2015. Disponível em:

http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm#art127. Acesso em: 29 out. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes nacionais para a educação especial na educação básica. Brasília: MEC; SEESP, 2001. 79p. Disponível em:

http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/diretrizes.pdf. Acesso em: 20 maio 2018.

BRASIL. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF, jan. 2008. Disponível em:

http:// portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf. Acesso em: 10 jul. 2018.

COMÉNIO, João Amós. Didáctica magna: tratado da arte universal de ensinar tudo a todos. 2. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1957.

FERNANDES, Florestan. A revolução burguesa no Brasil: ensaio de interpretação sociológica. 5. ed. São Paulo: Globo, 2006.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Pesquisa nacional por amostra de domicílios – PNAD. Rio de Janeiro: IBGE, 2017. Disponível em:

https://ww2.ibge.gov.br/home/estatistica/pesquisas/pesquisa_resultados.php?id_pesquisa=149>. Acesso em: 01 fev. 2018.

LEONTIEV, Aléxis Nikolaevich. O desenvolvimento do psiquismo. Tradução Manuel Dias Duarte. Lisboa: Horizonte, 1978.

LÊNINE, Vladimir Ilitch. Sobre a educação. v. I. Tradução Eduardo Saló. Lisboa: Seara Nova, 1977.

LUBOVSKY, V. I. L. S. Vygotsky and special psychology. Voprosy Psychologii, Moscow, n. 6, v. 96, p. 118-124, 1996. Disponível em:

http://www.voppsy.ru/journals_all/issues/1996/966/966118.htm. Acesso em: 20 abr. 2018.

LURIA, Alexander Romanovich. Pensamento e linguagem: as últimas conferências de Luria. Tradução Diana Myriam Lichtenstein e Mario Corso. Porto Alegre: Artes Médicas, 1986.

MANACORDA, Mario Alighiero. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. São Paulo: Cortez, 2006.

MCCAGG, William O. The origins of defectology. In: MCCAGG, William O.; SIEGELBAUM, Lewis (Org.). The disabled in the Soviet Union: past and present, teory and practice. Pittsburgh: University of Pittsburgh, 1989. p. 39-61.

MESCHERYAKOV, Alexander. Awakening to life: forming behaviour and the mind in deaf-blind children. Moscow: Progress Publishers, 1979.

PATTO, Maria Helena Souza. A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia. São Paulo: T. A. Queiroz, 1990.

SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas Autores Associados, 2007.

VIGOTSKI, Liev Semiónovich. Psicologia pedagógica. Tradução Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

VYGOTSKI, Liev Semiónovich. Obras escogidas: fundamentos de defectología. Tomo V. Tradução Julio Guilhermo Blanck. Madrid: Visor, 1997a.

VYGOTSKI, Liev Semiónovich. Obras escogidas: problemas de Psicologia Geral. Tomo II. Tradução José Maria Bravo. 2. ed. Madrid: Machado-Visor, 2001.

VYGOTSKI, Liev Semiónovich. Obras escogidas: problemas del desarrollo de la psique. Tomo III. Tradução Lydia Kuper. Madrid: Visor, 2000.

VYGOTSKI, Liev Semiónovich. Obras escogidas: problemas teóricos y metodológicos de la psicología. Tomo I. Tradução José Maria Bravo. 2. ed. Madrid: Visor, 1997b.

VYGOTSKI, Liev Semiónovich. Obras escogidas: Psicologia infantil. Tomo IV. Tradução Lydia Kuper. Madrid: Visor, 1996.

VYGOTSKY, Liev Semiónovich; LURIA, Alexander Romanovich. Estudos sobre a história do comportamento: símios, homem primitivo e criança. Tradução Lolio Lourenço de Oliveira. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

VYGOTSKY, Liev Semiónovich. A Transformação Socialista do Homem 1930. Tradução Nilson Dória. Marxists Internet Archive, 2004. Disponível em:

http://www.marxists.org/portugues/vygotsky/1930/atransformacaosocialistadohomem.htm. Acesso em: 10 jan. 2018.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION – UNESCO. Learning: the treasure within; report to UNESCO of the International Commission on Education for the Twentyfi

rst Century. Paris, 1996. Disponível em:

http://www.unesco.org/education/pdf/15_62.pdf. Acesso em: 01 dez. 2017.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION – UNESCO. World Declaration on Education For all and Meeting Basic Learning. New York, Jomtien, Thailand, 5-9 March 1990. Disponível em:

http://unesdoc.unesco.org/images/0012/001275/127583e.pdf. Acesso em: 01 dez. 2017.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION – UNESCO. The Salamanca statement and framework for action on special needs education. Salamanca, Spain, 7- 10 June 1994. Disponível em:

http://unesdoc.unesco.org/images/0009/000984/098427eo.pdf. Acesso em: 01 dez.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1981-2582.2018.3.31826

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.




Educação

e-ISSN 1981-2582
ISSN-L 0101-465X


Avaliação do Qualis CAPES - 2014 
ÁREA CAPES - Educação
CLASSIFICAÇÃO - A2

E-mail: reveduc@pucrs.br



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras.

Disponibilidade para depósito: Azul

 

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS