A institucionalização da disciplina História da Educação na Escola Normal mineira na primeira metade do século XX

Décio Gatti Júnior, Rosângela Maria Castro Guimarães

Resumo


Este estudo trata da apresentação dos resultados de investigação sobre o surgimento, a constituição e a institucionalização da História da Educação como disciplina escolar em cursos de formação de professores. Nesse caso, examina-se o processo de introdução da disciplina nos cursos normais mineiros, a partir do Decreto 8162, de 20 de janeiro de 1928, e de seus regulamentos, instituídos durante o governo de Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, que, à época, fora secretariado por Francisco Campos. Esse processo de institucionalização da disciplina ocorreu em meio a um contexto de reformas educacionais em Minas Gerais, que também estavam por acontecer em outros estados brasileiros, sob a influência significativa dos princípios escolanovistas e da forma tomada pela formação de professores, em especial, na Europa e nos Estados Unidos. As fontes utilizadas incluem a legislação educacional mineira do período e a bibliografia de referência existente.

Palavras-chave


disciplina escolar; história da educação; escola normal

Texto completo:

PDF


Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.




Educação

e-ISSN 1981-2582
ISSN-L 0101-465X


Avaliação do Qualis CAPES - 2014 
ÁREA CAPES - Educação
CLASSIFICAÇÃO - A2

E-mail: reveduc@pucrs.br



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras.

Disponibilidade para depósito: Azul

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS