Desafios para a gestão financeira das cooperativas agropecuárias brasileiras

Régio Marcio Toesca Gimenes, Fátima Maria Pegorini Gimenes

Resumo


Este artigo tem como objetivo identificar os principais desafios que são impostos às sociedades cooperativas agropecuárias, especialmente aqueles vinculados à sua estrutura de financiamento. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, e o referencial teórico contemplou os seguintes pontos: a importância do cooperativismo para o agronegócio brasileiro; os desafios do cooperativismo agropecuário; o acesso ao crédito; além da competitividade nas sociedades de capital e as dificuldades de capitalização e financiamento das cooperativas agropecuárias. Ao final da pesquisa, percebe-se que os desafios a serem superados estão concentrados nos seguintes pontos: equilíbrio entre os aspectos econômico e social; gestão democrática e morosidade do processo decisório; separação da propriedade e do controle (profissionalização da gestão); oportunismo dos cooperados (fidelização); excessiva dependência de recursos de terceiros; elevados custos de coordenação; transação e falta de uma governança corporativa cooperativa.
Palavras-chave: Cooperativismo agropecuário. Capitalização. Financiamento. Agronegócio cooperativo.

Palavras-chave


Cooperativismo agropecuário; Capitalização; Financiamento; Agronegócio cooperativo.

Texto completo:

PDF


ISSN-L: 1516-2680
e-ISSN:
1980-6302


Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. *Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS