ATIVIDADE ANTIFUNGICA DE Bacillus E 164 CONTRA Bipolaris sorokiniana

Mariana Carissimi, Monique Schipani Giraudo, José Carlos Germani, Sueli T. Van Der Sand

Resumo


Mancha marrom causada por Bipolaris sorokiniana é uma importante moléstia do trigo em países onde as condições climáticas são de alta umidade e calor. O controle da moléstia baseia-se principalmente em fungicidas. O presente estudo teve como objetivos: isolar cepas bacterianas com atividade antifúngica contra B. sorokiniana; selecionar o melhor o melhor isolado com capacidade de inibição e avaliar as melhores condições de crescimento para a produção do antifúngico; e testar a sua ação in vivo. As cepas bacterianas foram pré-selecionadas contra quatro isolados de B. sorokiniana em placas de Petri contendo agar Sabouraud maltose. A bactéria com a melhor ação antagonista foi crescida em diferentes meios de cultura, as células foram filtradas e os filtrados foram testados contra B. sorokiniana em placas contendo meio agar batata dextrose (BDA). Também foi avaliada a estabilidade do(s) metabólito(s) em diferentes condições de temperatura e pH. O teste in vivo do antagonista foi realizado contra um isolado do fitopatógeno em câmara com temperatura controlada. O isolado de Bacillus E164 foi escolhido entre 86 isolados bacterianos testados. O filtrado de Bacillus E164 crescido em caldo tripticaseína de soja e em caldo de palha de milho mostrou resultados similares de inibição O mesmo resultado não foi observado quando a bactéria foi crescida em caldo de extrato de malte. O filtrado mostrou atividade similar ao controle após ser submetido às temperaturas de 50 a 90 ºC. O teste in vivo com o isolado E164 causou efeitos morfológicos nas plantas de trigo causando uma reduzida significativa no comprimento das raízes. O controle que o Bacillus E164 exerceu contra B. sorokiniana foi relevante apenas in vitro, no entanto, a importância dos metabólitos produzidos precisa ser elucidada para a sua aplicação de forma mais eficiente in vivo.

Palavras-chave


Bipolaris sorokiniana, Bacillus sp., biological control, antifungal activity.

Texto completo:

PDF (English)




L-ISSN: 0104-3455
e-ISSN: 2317-6245

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. *Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS