A violência simbólica e a prisão contemporânea

Miriam Krenzinger A. Guindani

Resumo


O presente artigo discorre sobre os diversos significados da pena privativa de liberdade, que fora obtidos através de um diálogo entre o campo teórico e atores sociais vinculados ao o Presídio Central de Porto Alegre B PCPA. Depreende-se que muitas dessas análises mostram o momento de transformações pelo qual passa o sistema prisional no país e acabam contribuindo para ocultar os problemas da violência simbólica e crueldade da nossa sociedade contemporânea e que se expressam na prisão. Palavras-chave: pena privativa de liberdade; violência simbólica; prisão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2001.2.78

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs