Dos encontros entre Estado e sociedade civil: um exercício de etnografia do pensamento moderno

Pedro Jaime

Resumo


No ano de 1997, foi editada a coletânea “Terceiro setor: desenvolvimento social sustentado”. Em 2003, o livro “Governo e sociedade civil: um debate sobre espaços públicos democráticos” foi publicado. Uma descrição superficial diria que se tratam de duas obras que abordam questões relacionadas com democracia, cidadania e desenvolvimento social. Todavia, o aprofundamento da interpretação em uma descrição densa nos leva a perceber algo mais nestas publicações. Este ensaio constitui um exercício de etnografia do pensamento moderno. Alguns textos publicados nos livros citados são colocados em contexto, descrevendo-se o momento histórico de sua produção, e analisados como expressões do pensamento sobre as relações entre Estado e sociedade civil no Brasil. O propósito do artigo é problematizar as distintas posições que diferentes atores assumem nessas relações. Palavras-chave: Etnografia do Pensamento Moderno; Estado; Sociedade Civil; ONGs, Terceiro Setor.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2005.1.35

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs