Mulheres no tráfico de drogas: retratos da vitimização e do protagonismo feminino

Mariana Barcinski, Sabrina Daiana Cúnico

Resumo


A partir das histórias relatadas por duas mulheres com um longo envolvimento passado na rede do tráfico de drogas em favelas do Rio de Janeiro, este ensaio tem por objetivo problematizar a tradicional vitimização e submissão com que usualmente a literatura caracteriza as trajetórias de mulheres criminosas. O que as histórias dessas mulheres atestam é que a possibilidade de ocuparem posições masculinas e obterem o respeito e o prestigio atribuído aos homens traficantes são grandes motivadores para o ingresso e a permanência de mulheres na rede do tráfico de drogas. Neste sentido, é pela apropriação de características e comportamentos masculinos, tais como a violência e a submissão de outras mulheres, que elas confirmam seu limitado poder.   


Palavras-chave


Mulheres. Tráfico de drogas. Vitimização. Protagonismo.

Texto completo:

PDF

Referências


ADLER, Freda. Sisters in crime. New York: McGraw Hill, 1975.

ALMEIDA, Vanessa Ponstinnicoff de. Repercussões da violência na construção da identidade feminina da mulher presa: um estudo de caso. Psicologia ciência e profissão, v. 26, n. 4, p. 604-619, 2006.

ASSIS, Simone Gonçalves de; CONSTANTINO, Patrícia. Filhas do mundo: infração juvenil e feminina no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2001.

BARCINSKI, Mariana. Women in drug trafficking: the identity construction of Brazilian reformed criminals. Saarbrücken: VDM, 2008.

BARCINSKI, Mariana; CAPRA-RAMOS, Carine; WEBER, João; DARTORA, Tamires. O Marianismo e a vitimização de mulheres encarceradas: formas alternativas de exercício do poder feminino. Ex aequo, n. 28, p. 87-100, 2013.

CARLEN, Pat. Women, crime, feminism and realism. In: Stevi Jackson et al. (orgs.). Women’s studies: essential readings. New York: New York University Press, 1993. p. 314-316.

CECCHETTO, Fátima. Violência e estilos de masculinidade. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

FARIA, Thaís Dumêt. Mulheres no tráfico de pessoas: vítimas e agressoras. Cadernos Pagu, n. 31, p. 151-172, 2008 <10.1590/S0104-83332008000200008>.

GILLIGAN, Carol. In a different voice: psychological theory and women’s development. Cambridge: Harvard University Press, 1982.

GOMES, Romeu. A dimensão simbólica da violência de gênero: uma discussão introdutória. Athenea Digital, n. 14, p. 237-243, 2008.

GREGORY, Jeanne. Sex, class and crime. In: Stevi Jackson et al. (orgs.), Women’s studies: essential readings. New York: New York University Press, 1993. p. 316-317.

HEIDENSOHN, Frances. Women and crime. New York: New York University Press, 1985.

MEDRADO, Benedito; LYRA, Jorge. Por uma matriz feminista de gênero para os estudos sobre homens e masculinidades. Estudos feministas, v. 16, n. 3, p. 809-840, 2008 <10.1590/S0104-026X2008000300005>.

MILLER, Jean Baker. Towards a new psychology of women. Boston: Beacon Press, 1986.

NARVAZ, Martha Giudice; KOLLER, Silva Helena. Famílias e patriarcado: da prescrição normativa à subversão criativa. Psicologia & Sociedade, v. 18, n. 1, p. 49-55, 2006 <10.1590/S0102-71822006000100007>.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. A síndrome do pequeno poder. In: Maria Amelia Azevedo; Viviane Nogueira de Azevedo Guerra (orgs.). Crianças vitimizadas: a síndrome do pequeno poder. São Paulo: Iglu Editora, 1989. p. 13-21.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. Violência de gênero: o lugar da práxis na construção da subjetividade. Lutas Sociais, n. 2, p. 59-79, 1997.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. Já se mete a colher em briga de marido e mulher. São Paulo em Perspectiva, v. 13, n. 4, p. 82-91, 1999 <10.1590/S0102-88391999000400009>.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. Contribuições feministas para o estudo da violência de gênero. Cadernos Pagu, n. 16, p. 115-136, 2001.

SCHRAM, Pamela. J.; KOONS-WITT, Barbara. Gendered (in)justice: theory and practice in feminist criminology. Long Grove: Waveland Press, 2004.

SOARES, Barbara Musumeci; ILGENFRITZ, Iara. Prisioneiras: vida e violência atrás das grades. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

STEFFENSMEIER, Darrell; ALLAN, Emilie. Gender and crime: toward a gendered theory of female offending. Annual Review of Sociology, v. 22, p. 459-487, 1996 <10.1146/annurev.soc.22.1.459>.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2016.1.22590

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs