Globalização e religião: Efeitos do pluralismo global no campo religioso contemporâneo

Airton Luiz Jungblut

Resumo


Neste artigo discute-se alguns dos efeitos da globalização sobre a religião. São abordados as relações entre globalização e tradição e o efeito destradicionalizante deste processo ao favorecer a pluralização religiosa e, consequentemente, uma grande autonomia identitária dos indivíduos em busca de bens religiosos. Para tanto, são analisados dois casos reveladores de dinâmicas distintas frente a esses processos todos.

Palavras-chave


Globalização e religião. Pluralização religiosa. Mercado religioso. Autonomia identitária.

Texto completo:

PDF

Referências


AMORESE, Rubem M. Icabode: da mente de Cristo à consciência moderna. São Paulo: Abba Press, 1993.

BARTH, Fredrik. Grupos étnicos e suas fronteiras. In: Philippe Poutignat; Jocelyne Streiff-Fenart (Orgs.). Teorias da etnicidade: seguido de grupos étnicos e suas fronteiras de Fredrik Barth. São

Paulo: Fundação Editora da Unesp, 1998. p. 185-228.

BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro: Zahar Ed., 1998.

BECK, Ulrich. A reinvenção da política: rumo a uma teoria da modernização reflexiva. In: Ulrich Beck; Antony Giddens; Scott Lasch (Orgs.). Modernidade reflexiva: política, tradição e estética na ordem social moderna. São Paulo: Unesp, 1997. p. 11-71.

BERGER, Peter Ludwig. O dossel sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião. São Paulo: Ed. Paulinas, 1985.

CAMPOS, Leonildo Silveira. Teatro, templo e mercado: uma análise da organização, rituais, marketing e eficácia comunicativa de um empreendimento neopentecostal – Igreja Universal do Reino de Deus. São Bernardo do Campo, Imes. Tese (Doutorado em Ciências da Religião), 1996.

CARVALHO, José J. Globalização, tradições, simultaneidade de presenças. In: Cândido Mendes; Luiz E. Soares (Orgs.). Pluralismo cultural, identidade e globalização. Rio de Janeiro: Unesco, 2001. p. 431-479.

CUNHA, Manuela Carneiro da. Antropologia do Brasil: mito, história, etnicidade. São Paulo: Brasiliense, 1987.

D’ANDREA, Anthony A. F. O self perfeito e a nova era: individualismo e reflexividade em religiosidades pós-tradicionais. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sociologia do Iuperj. Rio de Janeiro, 1996.

DORAN, Marie-Christine. A Igreja Universal no México. In: Ari Pedro Oro; André Corten; Jean-Pierre Dozon (Orgs.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003. p. 93-99.

DUARTE, Luiz F. D. Classificação e valor na reflexão sobre identidade social. In: Ruth Cardoso (Org.). A aventura antropológica: teoria e pesquisa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986. p. 69-92.

FINKIELKRAUT, Alain. A humanidade perdida: ensaio sobre o século XX. São Paulo: Ática, 1998.

FONSECA, Alexandre Brasil. Evangélicos e mídia no Brasil. Rio de Janeiro, UFRJ. Dissertação (Mestrado em Sociologia), 1997.

FRESTON, Paul. A Igreja Universal na Ásia. In: Ari Pedro Oro; André Corten; Jean-Pierre Dozon (Orgs.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003. p. 197-229.

FRY, Peter. Religião e destradicionalização na África austral. VIII Jornadas sobre Alternativas Religiosas na América Latina. São Paulo, 1998.

GIDDENS, Anthony. A transformação da intimidade: sexualidade, amor e erotismo nas sociedades modernas. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1993.

GIDDENS, Anthony. A vida em uma sociedade pós-tradicional. In: Ulrich Beck; Antony Giddens; Scott Lasch (Orgs.). Modernidade reflexiva: política, tradição e estética na ordem social moderna. São Paulo: Unesp, 1997. p. 73-134.

HERVIEU-LÉGER, Danièle. O peregrino e o convertido: a religião em movimento. Petrópolis: Vozes, 2008.

JARDILINO, José Rubens Lima. Sindicato dos mágicos: as religiões do espírito de orientação protestante no Brasil. Congresso Internacional as Novas Religiões – Missões e Missionários, Recife, 1994.

LIPOVETSKY, Gilles. A era do vazio. Lisboa: Gallimard, 1983.

MACEDO, Edir. A libertação da teologia. Rio de Janeiro: Universal Produções, s. d.

MACEDO, Edir. Orixás, caboclos e guias: deuses ou demônios. Rio de Janeiro: Universal Produções, 1987.

MAFRA, Clara. A Igreja Universal em Portugal. In: Ari Pedro Oro; André Corten; Jean-Pierre Dozon (Orgs.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003. p. 165-176.

MATHEWS, Gordon. Cultura global e identidade individual. Bauru: Edusc, 2002.

MONTEIRO, Duglas Teixeira. Igrejas, seitas e agências: aspectos de um ecumenismo popular. In: Edênio Valle (Org.). A cultura do povo. São Paulo: Cortez e Moraes, Educ, 1979. p. 81-111.

OLIVEIRA, Roberto C. de. Identidade, etnia e estrutura social. São Paulo: Pioneira Editora: 1976.

ORO, Ari Pedro; CORTEN, André; DOZON, Jean-Pierre (Orgs.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003.

PEDDE, Valdir. Destradicionalização: uma perspectiva para o entendimento do fenômeno carismático nas igrejas históricas. IX Congresso Brasileiro de Sociologia, Porto Alegre, 1999.

PIERUCCI, Antônio F. Ciladas da diferença. São Paulo: Ed. 34, 1999.

PIERUCCI, Antônio Flávio. Interesses religiosos dos sociólogos da religião. In: Ari Pedro Oro; Carlos A. Steil (Orgs.). Globalização e religião. Petrópolis: Vozes, 1997. p. 249-262.

RUDIGER, Francisco R. Literatura de autoajuda e individualismo: contribuição ao estudo da subjetividade na cultura de massa contemporânea. Porto Alegre: Ed. Ufrgs, 1996.

SEMAN, Pablo. A Igreja Universal na Argentina. In: Ari Pedro Oro; André Corten; Jean-Pierre Dozon (Orgs.). Igreja Universal do Reino de Deus: os novos conquistadores da fé. São Paulo: Paulinas, 2003. p. 69-78.

TOURAINE, Alain. Igualdade e diversidade: o sujeito democrático. São Paulo: Edusc, 1998.

VELHO, Otávio Globalização: antropologia e religião. In: Ari Pedro Oro; Carlos A. Steil (Orgs.). Globalização e religião. Petrópolis: Vozes, 1997. p. 43-62.

VELHO, Otávio. Globalização: objeto, perspectiva, horizonte. In: Cândido Mendes; Luiz Eduardo Soares (Orgs.). Pluralismo cultural, identidade e globalização. Rio de Janeiro: Unesco, 2001, p. 103-111.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2014.3.16483

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs