O espaço dos indesejáveis: a circularidade da representação de estigma em um centro comercial de Porto Alegre

Marina Dantas de Figueiredo, Neusa Rolita Cavedon

Resumo


O artigo resulta de estudo etnográfico sobre a construção de representações sociais no contexto de um centro comercial em Porto Alegre, onde a convivência de grupos diversos revela noções do senso comum estigmatizadas, que se incorporam à cultura organizacional. Uma das p rimeiras constatações é que a organização sofre influência de representações circulantes na sociedade, por meio das quais os grupos que convergem ao espaço podem ser identificados como “bons frequentadores” e “maus frequentadores”. Nota-se que a organização produz novas representações, por vezes carregadas de significações negativas e estigmatizantes, configurando hierarquias de poder simbólico entre os frequentadores. Igualmente, a sociedade produz representações sobre o espaço e seus frequentadores, que integram noções de senso comum e influenciam o desempenho organizacional. Finalmente, este trabalho visa contribuir para os estudos sobre cultura organizacional, na medida em que revela as representações sociais fundamentais para a construção de discursos e institucionalização de práticas organizacionais.

Palavras-chave


representações sociais; estigma; hábitos de consumo; cultura organizacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-7289.2012.3.13017

Direitos autorais 2016 Civitas - Revista de Ciências Sociais

ISSN-L: 1519-6089  -  e-ISSN: 1984-7289

Civitas - Revista de Ciências Sociais

....................................................................................................................................................................................................

Este periódico é membro do Cope (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

Copyright: © 2006-2020 Edipucrs