Guerra Racial e Nação na Gran Colômbia caribenha, Cartagena, 1810-1832

Marixa Lasso

Resumo


Enquanto que a maioria dos historiadores remete a origem das atuais relações raciais à escravidão colonial, Marixa Lasso argumenta que foi durante a Era das Revoluções das lutas anticoloniais americanas que nações com histórias semelhantes de colonialismo, escravidão e racismo desenvolveram distintos imaginários raciais modernos. Em particular, examina-se a origem da ideologia nacionalista de igualdade e harmonia racial (o mito da democracia racial, conforme a denominação do século XIX), durante as guerras de independência hispano-americanas. Sua análise enfoca a Gran Colombia, uma das regiões-chave na luta pela independência hispano-americana, onde a guerra transformou o imaginário racial de duas maneiras. A guerra propiciou a idéia de igualdade racial unindo a força emocional do patriotismo, transformando-a numa ideologia nacionalista que transcendia diferenças partidárias e regionais. Ao mesmo tempo, o fantasma de outro tipo de guerra, a “guerra de raças”, criou diferenças fundamentais entre o que se constituía como um discurso racial legítimo e um discurso racial ilegítimo. O medo da guerra de raças restringiu as ações políticas dos afro-descendentes e limitou suas oportunidades para denunciar a permanência de persistentes preconceitos e padrões de discriminações informais.

Palavras-chave


Nacionalismo, Relações étnicas, Guerras de independência – 1810-1824, Cartagena-Colômbia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2010.2.8761



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios - www.publicationethics.org



AVALIAÇÃO QUALIS CAPES - 2016 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - A2

INDEXADORES E PORTAIS

  • Web of Science - Master Journals List (Clarivate Analytics)
  • SSCI - Social Sciences Citation Index (Clarivate Analytics)
  • AHCI - Arts and Humanities Citation Index (Clarivate Analytics)
  • Scopus (Elsevier)
  • SJR - ScIMAGO Journal & Country Rank (Elsevier)
  • Historical Abstracts with Full Text (EBSCO)
  • Academic Search Premier (EBSCO)
  • Fonte Acadêmica (EBSCO)
  • Fuente Academica (EBSCO)
  • CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades
  • DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDALYC - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
  • Portal CAPES

FATOR DE IMPACTO NO SJR (SCImago Journal & Country Rank)

SCImago Journal & Country Rank

Licença Creative Commons OriginalityCheck®
Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. 
TurnITin
Todos os artigos são submetidos ao software Turnitin, antes de iniciar qualquer tipo de avaliação.
Diadorim  Open Access 
Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul. 
 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS