Geografia da fruta no Chile e Cuyo (1700-1850)

Pablo Lacoste, José Antonio Yuri, Marcela Aranda, Amalia Castro, Katherine Quinteros, Mario Solar, Natalia Soto, Javier Rivas, Cristián Chávez

Resumo


Diferentemente de outras regiões do Império Espanhol, o Reino do Chile desenvolveu uma agricultura intensiva da produção de árvores frutíferas. O artigo discute quais, onde e como as diferentes espécies foram mais intensamente cultivadas. Quatro regiões foram examinadas: Norte, Centro, Sul e Leste (província de Cuyo, Argentina). Vinte espécies foram investigadas nessas localidades: pomo (maçã, pêra e marmelo), frutas com caroço (pêssego, damasco, ameixa, cereja azeda, e cereja doce), nozes (nogueira, amêndoa, e castanha), cítricos (laranja, limão, cidra, e lima), e outros tais como, azeitona, figo, maracujá, lúcuma e cherimóia. Com base nos arquivos judiciais e nos inventários de seus bens e cartoriais foi elaborado de um banco de dados com mais de 190 mil espécies de frutas. Posteriormente foi elaborado o mapeamento geográfico destas espécies.

Palavras-chave


Fruticultura, Agricultura intensiva, Historia econômica do Chile



DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2011.1.6765



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios - www.publicationethics.org



AVALIAÇÃO QUALIS CAPES - 2016 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - A2

INDEXADORES E PORTAIS

  • Web of Science - Master Journals List (Clarivate Analytics)
  • SSCI - Social Sciences Citation Index (Clarivate Analytics)
  • AHCI - Arts and Humanities Citation Index (Clarivate Analytics)
  • Scopus (Elsevier)
  • SJR - ScIMAGO Journal & Country Rank (Elsevier)
  • Historical Abstracts with Full Text (EBSCO)
  • Academic Search Premier (EBSCO)
  • Fonte Acadêmica (EBSCO)
  • Fuente Academica (EBSCO)
  • CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades
  • DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDALYC - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
  • Portal CAPES

FATOR DE IMPACTO NO SJR (SCImago Journal & Country Rank)

SCImago Journal & Country Rank

Licença Creative Commons OriginalityCheck®
Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. 
TurnITin
Todos os artigos são submetidos ao software Turnitin, antes de iniciar qualquer tipo de avaliação.
Diadorim  Open Access 
Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul. 
 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS