A fundação de periódicos literários no terceiro quartel do século XIX: em defesa da literatura ou em prol da política e da educação?

Rita Baleiro, Filipa Perdigão Ribeiro

Resumo


O artigo apresenta 8 textos-fundação de periódicos literários portugueses (1855-1865). Pretende estudar as publicações nascidas durante a polémica literária portuguesa – a Questão Coimbrã – e, aplicando análise de texto detalhada, analisar: a) a linha editorial das publicações; b) a relação estabelecida com os leitores; c) para que público(s) escreviam? A análise regista uma preocupação didática, reflexo do contexto socio-histórico de promoção da instrução pública, quando mais de 70% da população era analfabeta e, em alguns casos, para o estreitamento de relações com o Brasil.

Palavras-chave


Revistas e jornais literários. Questão Coimbrã. 1855-1865.

Texto completo:

PDF

Referências


AA.VV. Jornalismo e literatura. Actas do II encontro Afro-Luso-Brasileiro. 1986, Porto. Lisboa: Vega, 1988. 132 p.

BANDEIRA, António Rangel. Território e fronteiras do jornalismo e da literatura. In: AA.VV (Eds.). Jornalismo e literatura. Actas do II encontro Afro-Luso-Brasileiro. 1986, Porto. Lisboa: Vega, 1988. p. 73-78.

BRUNO, Sampaio. Geração nova. Porto: Lello e Irmãos Editores, 1984 [1886]. 334 p.

BUESCU, Helena Carvalhão (Coord.). Dicionário do romantismo literário português. Lisboa: Editorial Caminho, 1997. 634 p.

CEREZALES, Diego Palacios. Embodying public opinion: From petitions to mass meetings in nineteenth-century Portugal. e-Journal of Portuguese History, v. 9, n. 1, p. 1-19, 2011.

COULDRY, Nick; LIVINGSTONE, Sonia; MARKHAM, Tim. Media consumption and public engagement: Beyond the presumption of attention. Nova Iorque: Palgrave-Macmillan, 2007. 264 p.

CRATO, Nuno. Comunicação social: A imprensa – iniciação ao jornalismo. Lisboa: Editorial Presença, 1992. 278 p.

ESPEJO, Carmen. European communication networks in the early modern age: A new framework of interpretation for the birth of journalism. Media History, v. 17, n. 2, p. 189-202, 2011.

FERREIRA, Alberto. Perspectiva do romantismo português (1833-1865). Lisboa: Litexa Editora, 2007 [1971]. 194 p.

FISKE, John. Introdução ao estudo da comunicação. Tradução de Maria Gabriela Rocha Alves. Porto: Edições Asa, 1995. 268 p.

FRANÇA, José Augusto. O romantismo em Portugal: Estudo de factos socioculturais. 3. ed. Braga: Livros Horizonte, 1999. 605 p.

GOLDSTEIN, Robert Justin. The persecution and jailing of caricaturists in nineteenth-century Europe (1815-1914). Media History, v. 9, n. 1, p. 19-45, 2003.

HAUSER, Arnold. História social da arte e da literatura. Tradução de Álvaro Cabral. São Paulo: Martins Fontes, 2000. 1032 p.

LIMA dos SANTOS, Maria de Lurdes. Folhetim literário. In: BUESCU, Helena Carvalhão (Coord.). Dicionário do romantismo literário português. Lisboa: Editorial Caminho, 1997. p. 190-193.

LOPES, Óscar. Modo de ler. Crítica e interpretação literária 2. 2. ed. Porto: Editorial Inova, 1972. 448 p.

LOPES, Óscar. Problemas do realismo sentidos em 1865-66. In: Modo de ler. crítica e interpretação literária 2. 2. ed. Porto: Editorial Inova, 1972. p. 230-237.

MINÉ, Elza. Páginas flutuantes: Eça de Queirós e o jornalismo do século XIX. São Paulo: Ateliê Editorial, 2003. 248 p.

RAMOS, Rui (Coord.); SOUSA, Bernardo Vasconcelos; MONTEIRO, Nuno Gonçalo. História de Portugal. Lisboa: A Esfera dos Livros, 2009. 1030 p.

REIS, Carlos; PIRES, Maria Natividade. História crítica da literatura portuguesa: O romantismo. 2. ed. Lisboa: Editorial Verbo, 1999. Vol. V. 412 p.

RODRIGUES, Ernesto. Revistas literárias. In: BUESCU, Helena Carvalhão (Coord.). Dicionário do romantismo literário português. Lisboa: Editorial Caminho, 1997. p. 461-521.

SANTOS, Eugénio dos. Algumas reflexões sobre a imprensa em Portugal no século XIX. In: AA.VV (Eds.). Jornalismo e literatura. Actas do II Encontro Afro-Luso-Brasileiro. 1986, Porto. Lisboa: Vega, 1988. p. 28-32.

SARDICA, José Miguel. O Poder visível: D. Carlos, a imprensa e a opinião pública no final da monarquia constitucional. Análise Social, v. 203, n. 47, p. 344-368, 2012.

TENGARRINHA, José. História da imprensa periódica portuguesa. Lisboa: Portugália Editora, 1965. 349 p.

TRAQUINA, Nelson. As notícias. Jornalismo: questões, teorias e “estórias”. Lisboa: Editorial Vega, 1993. p. 167-176.

TRAQUINA, Nelson (Org.) Jornalismo: Questões, teorias e “estórias”. Lisboa: Editorial Vega, 1993. 360 p.

TRIGO, Salvato. Palavras prévias. In: AAVV (Eds.). Jornalismo e literatura. Actas do II encontro Afro-Luso-Brasileiro. 1986, Porto. Lisboa: Editorial Vega, 1988. p. 9-14.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2013.2.14484



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios - www.publicationethics.org



AVALIAÇÃO QUALIS CAPES - 2016 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - A2

INDEXADORES E PORTAIS

  • Web of Science - Master Journals List (Clarivate Analytics)
  • SSCI - Social Sciences Citation Index (Clarivate Analytics)
  • AHCI - Arts and Humanities Citation Index (Clarivate Analytics)
  • Scopus (Elsevier)
  • SJR - ScIMAGO Journal & Country Rank (Elsevier)
  • Historical Abstracts with Full Text (EBSCO)
  • Academic Search Premier (EBSCO)
  • Fonte Acadêmica (EBSCO)
  • Fuente Academica (EBSCO)
  • CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades
  • DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDALYC - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
  • Portal CAPES

FATOR DE IMPACTO NO SJR (SCImago Journal & Country Rank)

SCImago Journal & Country Rank

Licença Creative Commons OriginalityCheck®
Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. 
TurnITin
Todos os artigos são submetidos ao software Turnitin, antes de iniciar qualquer tipo de avaliação.
Diadorim  Open Access 
Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul. 
 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS