A Comissão Especial de Investigação Sumária da UFRGS (1964)

Jaime Valim Mansan

Resumo


A atuação da Comissão Especial de Investigação Sumária, instalada na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em maio de 1964, resultou no expurgo de doze professores daquela instituição. Foi uma das várias ações da chamada “Operação Limpeza”, um amplo processo coercitivo realizado em todo o Brasil nos primeiros meses após o golpe de 1964.

Palavras-chave


Expurgo, Educação superior, Ditadura Civil-Militar

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2012.1.11588



ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.