The workshops and festival of Brazilian culture and music of the University of Glasgow as an initiative for cultural promotion and integration

Gabriela Castelo Branco Ribeiro, José Peixoto Coelho de Souza

Abstract


The aim of this paper is to present and reflect on the project “Workshops of Brazilian Culture and Music”, done in 2015 and 2016 by the Portuguese Programme of the University of Glasgow. Motivated by the interest of students of Portuguese in Brazilian music and by the recognition of its cultural richness and pedagogical potential (Barbosa (2001), Hermeto (2012), Coelho de Souza (2014)), the project focused on musical, cultural, historical, artistic and intercultural elements of Brazilian popular music in seven sessions and a festival. The workshops and festival attracted a varied audience, receiving very positive feedback from participants, with a potential to have a positive impact for the University, the School of Modern Languages and Cultures and the Portuguese Programme. With this paper, we expect to contribute to the discussion and effective implementation of initiatives which foster the promotion of the Portuguese language and Lusophone cultures and create interest in the study of the language.

Keywords


Brazilian popular music, teaching Portuguese as an Additional Language, literomusical literacy, songs as a speech genre.

References


Barbosa, L. M. A. (2001). Apontamentos sobre a utilização da música popular brasileira na aula de português para estrangeiros. Anais do IV Congresso da Sociedade Internacional de Português – Língua Estrangeira. Rio de Janeiro: PUC-Rio.

https://doi.org/10.17771/pucrio.ple.37224

British Council (2017). Languages for the future: The foreign languages the United Kingdom needs to become a truly great nation. London: British Council.

Caretta, Á. A. (2010). A amplificação na canção popular brasileira. In C. L. C. R. Silva, E. L. Piris, & J. T. Carlos (Orgs.), Abordagens metodológicas em estudos discursivos (pp. 51-63). São Paulo: Paulistana.

Caretta, Á. A. (2011). A canção e a cidade: Estudo dialógico discursivo da canção brasileira e seu papel na constituição do imaginário da cidade de São Paulo na primeira metade do século XX (Tese de doutorado). São Paulo: USP.

https://doi.org/10.11606/t.8.2011.tde-28092011-104649

Coelho de Souza, J. P. (2009). Canção brasileira: Proposta de material didático para um curso de português como língua adicional (Trabalho de conclusão de curso). Porto Alegre: UFRGS.

https://doi.org/10.28998/2317-9945.2015v1n55p41-66

Coelho de Souza, J. P. (2010). A canção na ótica dos gêneros discursivos: Uma constelação de gêneros. Cadernos do IL, 40, 123-133.

Coelho de Souza, J. P. (2015). Letramento literomusical: Práticas sociais mediadas por canções. Matraga, 22(36), 175-197.

https://doi.org/10.12957/matraga.2015.17054

Coelho de Souza, J. P. (2016). Implicações das noções de letramento literomusical e de canção como constelação de gêneros para o ensino de português como língua adicional. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, 16(4), 651-677.

https://doi.org/10.1590/1984-639820169914

Coelho de Souza, J. P. (2018). A canção como constelação de gêneros no ensino de português como língua adicional. Travessias Interativas, 16(2), 124-144.

https://doi.org/10.1590/1984-639820169914

Costa, N. B. (2012). As letras e a letra: O gênero canção na mídia literária. In A. P. Dionísio (Org.), Gêneros textuais e ensino (pp. 107-121). Rio de Janeiro: Lucerna.

Hermeto, M. (2012). Canção popular brasileira e ensino de história: Palavras, sons e tantos sentimentos. Belo Horizonte: Autêntica.

https://doi.org/10.12660/rm.v4n6.2013.64379

Marques, P. (2018). A widely spoken lesser-taught language: Portuguese in British higher education. Revista de Estudos Anglo-Portugueses, 27, 383-401.

https://doi.org/10.34134/reap.1991.208.2712

McGowan, C. & Pessanha, R. (2009). The Brazilian sound: Samba, bossa nova, and the popular music of Brazil. Philadelphia: Temple University Press.

https://doi.org/10.2307/344498

Medaglia, J. (2003). Música impopular. São Paulo: Global.

Napolitano, M. (2005). História & música: História cultural da música

popular. Belo Horizonte: Autêntica.

Neckel, M. (2005). A prática de leitura da música popular brasileira e seus gêneros: Uma abordagem interdisciplinar (Dissertação de mestrado). Florianópolis: UFSC.

Oliveira, G. (2013). Um atlântico ampliado: O português nas políticas linguísticas do século XXI. In L. P. M. Lopes (Org.), O português no século XXI: Cenário geopolítico e sociolinguístico (pp. 19-40). São Paulo: Parábola Editorial.

https://doi.org/10.1590/0102-445091795919536711

Paviani, N. M. S. & Fontana, N. M. (2009). Oficinas pedagógicas: Relato de uma experiência. Conjectura: Filosofia e Educação, 14(2), 77-88.

Tatit, L. (2008). O século da canção. São Paulo: Ateliê Editorial.

Vianna, H. (1999). The mystery of samba: Popular music and national identity in Brazil. Chapel Hill: The University of North Carolina Press.

https://doi.org/10.1017/s0022216x00285842

Wisnik, J. (2004). Sem receita: Ensaios e canções. São Paulo: Publifolha.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/2178-3640.2019.1.33236

License URL: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/deed.pt_BR

e-ISSN: 2178-3640

Except where otherwise specified, material published in this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license, which allows unrestricted use, distribution and reproduction in any medium, provided the original publication is correctly cited.