Conflitos de classes, defesa de direitos e Serviço Social

Jaime Hillesheim

Resumo


A partir de pressupostos marxianos e marxistas, em particular, das contribuições de György Lukács sobre o direito como ideologia, procura-se, aqui, instigar a reflexão sobre os desafios teóricos e práticos do serviço social no tempo presente, para que a profissão não veja seu projeto ético-político capitular em face da intensificação da ofensiva do capital sobre o trabalho. No presente artigo são abordadas, essencialmente, as contradições do trabalho do assistente social na defesa e ampliação dos direitos em face da lógica própria da sociabilidade burguesa. São situados os desafios impostos pelos limites dessa sociabilidade que exigem, para o seu enfrentamento, a compreensão da teoria social crítica, haja vista seu potencial de subsidiar o trabalho profissional em consonância com os valores e princípios constantes do projeto supracitado.


Palavras-chave


Luta de classes. Direitos. Emancipação Humana. Serviço social.

Texto completo:

PDF

Referências


BENSAÏD, Daniel. Apresentação. os despossuídos: Karl Marx, os ladrões de madeira e o direito dos pobres. In: MARX, Karl. Os despossuídos. São Paulo: Boitempo, 2017.

FONTES, Virgínia. O Brasil e o capital-imperialismo: teoria e história. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz; Editora UFRJ, 2010.

GUERRA, Yolanda. A instrumentalidade do serviço social. 10. ed. São Paulo: Cortez, 2014.

LUKÁCS, György. Para uma ontologia do ser social II. São Paulo: Boitempo, 2013.

NETTO, José Paulo. O projeto ético-político profissional do serviço social brasileiro. Revista Intervenção Social, Lisboa, n. 42/45, p. 229-242, 2015. Disponível em: http://repositorio.ulusiada.pt/bitstream/11067/1734/1/IS_42-45_13.pdf.

Acesso em: 25 abr. 2017.

MARX, Karl. Os despossuídos: debates sobre a lei referente ao furto de madeira. São Paulo: Boitempo, 2017.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política [Livro I: o processo de reprodução do capital]. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, Karl. Crítica da filosofia do direito de Hegel. São Paulo: Boitempo, 2010.

MARX, Karl. A miséria da filosofia. São Paulo: Global, 1985.

SARLET, Ingo Wolfgang. Notas sobre a assim designada proibição de retrocesso social no constitucionalismo latinoamericano. Revista do TST, Brasília, v. 75, n. 3, p. 116-149, jul./set. 2009. Disponível em: http://aplica-cao.tst.jus.br/dspace/bitstream/handle/1939/13602/007_sarlet.pdf?se-quence=4. Acesso em: 23 abr. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2019.1.33258


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS