A historiografia portuguesa da educação: balanço e reflexões a partir do exemplo da história da formação de professores

Joaquim António de Sousa Pintassilgo, Maria João Mogarro

Resumo


O presente artigo tem por finalidade realizar um balanço da produção historiográfica portuguesa no campo da História da Educação. Seleccionámos, para tal, uma das áreas de trabalho em que temos estado implicados e que permite apreciar algumas das tendências gerais: a História da Formação de Professores. O corpus aqui analisado acaba por representar uma espécie de amostra da produção portuguesa, relativamente à qual procurámos traçar o “estado da arte” (abordagens, temáticas, fontes, etc.). A História da Formação de Professores, em articulação com a História da Profissão Docente, tem sido uma das áreas a manifestar algum dinamismo na investigação portuguesa recente. Esse facto decorre tanto do reconhecimento do papel desempenhado historicamente pela formação de professores e pelas suas instituições, no âmbito do processo de profissionalização da actividade docente, como da consciência da importância de uma memória histórica na construção da identidade profissional.

Palavras-chave


historiografia da educação; formação de professores; profissão docente

Texto completo:

PDF


Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.




Educação

e-ISSN 1981-2582
ISSN-L 0101-465X


Avaliação do Qualis CAPES - 2014 
ÁREA CAPES - Educação
CLASSIFICAÇÃO - A2

E-mail: reveduc@pucrs.br



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras.

Disponibilidade para depósito: Azul

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS